As Adenóides são placas de tecidos, no fundo do nariz, que fazem parte das defesas do corpo contra as infecções. As adenoides alcançam seu tamanho máximo durante a fase pré-escolar (6/7 anos de idade), momento em que começam a diminuir. Em algumas crianças, as adenóides tornam-se hiperfrofiadas após infecções repetidas, alergias ou fatores irritantes. Como resultado, podem obstruir a passagem do ar ou a drenagem dos ouvidos médios para as trompas de Eustáquio.

Quais são os sintomas?

  • Roncar durante o sono,
  • Acordar à noite, devido aos problemas respiratórios,
  • Dificuldade de respirar pelo nariz,
  • Voz anasalada (fala como se o nariz estivesse obstruído),
  • Respirar pela boca,
  • Respirar ruidosamente,
  • Pode ter apneia (deixa de respirar durante alguns segundos enquanto dorme),
  • Secreção nasal, com muco permanente no nariz.
  • Tosse noturna,
  • Otites agudas frequentes.

Tratamento

Se os sintomas forem brandos, nenhum tratamento é necessário, porque as adenóides se retraem com a idade. Se apresentar problemas graves de ronco ou de fala, ou se tiver infecções frequentes, o tratamento inicial pode ser feito com antibióticos. Segundo especialistas: “Normalmente estes transtornos são recorrentes e as adenoides hipertrofiadas causam verdadeira dificuldade de respirar, com apneia e problemas na fala, além de influir na aparição de otites”. Os especialistas concordam que a extração das Adenóides está justificada somente no caso de obstrução nasal persistente ou de infecções repetidas, que provocam frequentes Otites, ou secreção persistente em um ou ambos ouvidos.