A rinite vasomotora, também é conhecida como não-alérgica pois tem os mesmos sintomas de alergias, porém causas diferentes. Acredita-se que a rinite vasomotora seja causada por vasos sanguíneos excessivos ou super sensíveis na membrana nasal.
Em pessoas com rinite vasomotora, vasos sanguíneos excessivos ou supersensíveis causam uma reação exagerada a estímulos como clima, temperatura, pressão barométrica, irritantes químicos (fumaça, ozônio, poluição, perfume, sprays), estresse fisiológico ou emocional, alguns medicamentos, álcool e até alimento apimentado.

Assim, enquanto um nariz normal pode ficar escorrendo em dia muito frio, o de pessoas com rinite vasomotora já começam a escorrer simplesmente ao entrar em um ambiente um pouco mais frio, ou ao comer um alimento um pouco mais frio ou quente que a temperatura do ambiente.

Rinite vasomotora é mais comum em mulheres do que em homens, o que leva alguns pesquisadores a suspeitar que ocorra influência hormonal. Pessoas com rinite vasomotora geralmente experimentam sintomas por todo o ano, embora eles possam se intensificar quando há rápidas mudanças de temperatura.

Nos estágios iniciais desta rinite, o quadro geralmente responde favoravelmente com tratamento clínico. Nos casos crônicos, quando os vasos nasais perdem sua capacidade de contrair-se, é necessário recorrer a procedimentos cirúrgicos.